Fique por dentro

Aqui no Centro de Educação João Paulo II nunca faltam boas notícias. Veja a nossa seleção de matérias e veja o que nossos amigos e parceiros andam falando por aí.

Centro de Educação João Paulo II ensina alunos sobre preservação de forma lúdica

Centro de Educação João Paulo II ensina alunos sobre preservação de forma lúdica

31.05.2012 | « voltar

 Neste 05 junho comemora-se o Dia do Meio Ambiente e o Centro de Educação João Paulo II (CEJPII), pensando na consciência que o dia deve trazer às crianças, realiza uma série de atividades para estimular o consumo consciente, a preservação do meio ambiente e o direcionamento correto do lixo. Na data as crianças vão criar brinquedos com materiais reciclados, participar de oficinas para reciclagem de material e aprender a economizar água e energia elétrica. O objetivo da ação é que os alunos levem o aprendizado para casa, estimulando os pais e a comunidade a cuidar do meio ambiente.

Para que o ensino seja constante a escola também conscientiza os jovens no dia a dia. Segundo a coordenadora pedagógica do CEJPII, Alexandra Lima, a estrutura da escola deve levar em consideração pequenas práticas a serem inseridas na rotina escolar, para que o aluno desenvolva a consciência de preservar o meio ambiente, além de refletir sobre as problemáticas ambientais. “Aqui no centro, por exemplo, as torneiras têm um sistema para permanecer durante um pequeno intervalo de tempo abertas e, após alguns segundos, fecham sozinhas. Pequenas coisas facilitam a assimilação das crianças. Este ato economiza água e ensina a não desperdiçar”, relata.

Além disso, pensando na questão ambiental, o CEJPII vai realizar neste ano uma capacitação para professores, funcionários e voluntários da escola, em parceria com a Itaipu Binacional. O projeto irá abordar temas como consumo consciente, gestão de resíduos e a confecção de brinquedos ecopedagógicos.

O objetivo da parceria será sensibilizar o grupo sobre a problemática do consumismo como a questão de geração e destinação final de resíduos. O trabalho vai possibilitar o aprendizado e o domínio de atividades relacionadas para que sejam abordadas na escola. Além disso, vai estimular o grupo a intervir na realidade regional para sensibilizar a comunidade escolar sobre o tema. “O projeto também terá o intuito de criar soluções para o local de intervenção quanto à destinação correta dos resíduos, pensando nos diversos aspectos da unidade educacional, pedagógica, organizacional e cultural”, explica Belmiro Valverde, idealizador do CEJJPII.

Para os profissionais da Itaipu é necessário combinar o desejo dos voluntários com as necessidades da instituição e, então, a parceria será relevante e agregadora. Valverde relata a necessidade do tema ser abordado pela escola. “Buscamos sempre formar alunos conscientes com os problemas sociais e essa é mais uma forma de concretizarmos isso. Para que a educação seja de qualidade é necessário aliarmos nossos conteúdos com a responsabilidade social”, completa.

Perfil do Centro de Educação João Paulo II
O Centro de Educação João Paulo II (CEJPII) foi criado em abril de 2010, por iniciativa de um grupo de empresários e profissionais liberais preocupados com a má qualidade da educação brasileira, especialmente a que é disponibilizada para as classes menos favorecidas de renda. Atende crianças carentes de três a quatorze anos de idade. O projeto, inédito no Paraná, oferece ensino gratuito e de qualidade, com atividades pedagógicas em período integral, assim como em países desenvolvidos. O CEJPII foi escolhido pela Universidade de Yale como um dos três projetos brasileiros para receber o apoio da instituição. O Centro Educacional é mantido por parceiros e voluntários, por meio de contribuições mensais. Mais informações pelo site www.joaopaulosegundo.org.br e pelos telefones (41) 3079-7810 e (41) 3018-9625.